Blog


Pedido de inscrição dos animais estará disponível somente pela internet

09/11/2015 Fonte: ABCCC

A partir do dia 9 de novembro, o procedimento de solicitação de inscrição dos animais, o pré-registro, junto à Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC) será totalmente informatizado e a disponibilização do acesso aos documentos ocorrerá somente via internet, deixando de ser encaminhado fisicamente aos endereços dos estabelecimentos. Com a mudança, cada criador deverá acessar a Área Restrita onde encontrará um novo ícone de serviço.

A iniciativa segue a tendência de migração dos serviços para o ambiente online, a mesma que outros processos da entidade já se adaptaram. Além disso, a ideia é de que os proprietários tenham mais autonomia para agilizarem o processo diretamente de casa, sem depender de possíveis atrasos ou problemas causados pelo serviço de entrega a domicílio.

Mais informações podem ser obtidas em contato direto com a ABCCC pelo telefone (53) 3284-1450.

Como proceder

- O primeiro passo é acessar a Área Restrita, clicar na aba Serviços Online e, após, no ícone Pedido de Inscrição. Caso o criador não tenha ainda os dados necessários para utilizar o serviço, é necessário entrar em contato com o setor de tecnologia da Informação da ABCCC e solicitar o envio do login e da senha.

- O procedimento começa com a busca pelos períodos das padreações. Após selecionada a data correspondente, o criador terá ali mesmo a oportunidade de batizar o produto.

- O processo é simples, fácil e pode ser feito tanto por criadores cujos exemplares estejam em seu nome ou ainda não tenham sido transferidos.

- Animais que não estiverem registrados no nome do expositor atual também devem passar pela mesma situação. O acesso deve ser feito na aba “Outros animais”. Ali será necessário informar o nome da mãe e do pai do produto para que o exemplar possa receber seu nome na etapa seguinte.

- É importante atentar que esta ação não libera o criador da comunicação da padreação; esta continuará sendo exigida da forma convencional para a liberação do registro do animal.

- Em ambos os casos, um sinal verde antes do nome do animal marca a conclusão da ação com sucesso.

- Ao finalizar o processo, o criador deverá imprimir os pedidos de inscrição de seu criatório e entregar ao inspetor técnico no momento da visita.

- Na sequência da impressão dos pré-registros, haverá uma listagem dos animais relacionados para que o técnico possa anexar ao envelope de DNA.

Envio à ABCCC

Após a realização da resenha, o técnico encaminha os pedidos de inscrição para a ABCCC para sua inserção no sistema e emissão do documento, que deverá manter o padrão utilizado para as segundas vias de registro, sem que haja alguma cobrança adicional para isto. 

O grande objetivo é de agilizar os processos e conferir um padrão aos documentos provisórios, já que estes acompanham a trajetória dos animais até o mínimo dos dois anos de idade, quando poderão ser apresentados a confirmação