Blog


VANTAGENS DE ELIMINAR O ARQUIVO REMESSA DA OPERAÇÃO FINANCEIRA

29/01/2019 Fonte: FITBANK - MICHEL MADEIRA

A gestão de uma empresa passa por diversas áreas, desde o setor de contas, tratamento com fornecedores, compliance e atuação produtiva. Nesse contexto de atuação competitiva, é fácil perceber a grande necessidade dos administradores em buscar métodos para melhorar processos internos e otimizar o trabalho do dia a dia. É daí que surge a necessidade de eliminar o arquivo remessa da operação financeira — prática que recentemente vem ganhando um forte destaque no mercado. Pensando nisso, preparamos um artigo com os principais aspectos acerca desse tema. Acompanhe e entenda melhor!

Como funciona o envio e recebimento do arquivo remessa?

O primeiro passo para eliminar o arquivo remessa é compreender bem como o processo tradicional funciona na prática. Em termos claros, nada mais é do que um registro que o cliente envia para a instituição de cobrança com informações acerca da operação praticada. Casos bem comuns podem ser vistos no registro ou baixa de boletos, débito em conta e qualquer outra negociação registrada. Esses dados são recebidos por meio do arquivo de retorno e transmitidos pelos bancos via arquivo remessa.

Dessa forma, o registro da operação chega para as empresas através da formatação CNAB 240 ou CNAB 400, um arquivo de texto .REM da Central Nacional de Automação Bancária (CNAB). Toda essa situação cria a necessidade de que a empresa acesse constantemente o banco para só então dar baixa dos pagamentos que recebe no sistema interno. Essa burocracia gera um fluxo extremamente caro e burocrático para os negócios.

É possível eliminar esse controle?

Não é segredo que vivenciamos uma das maiores revoluções tecnológicas dos últimos anos — e o mesmo não funciona de forma diferente para a gestão financeira de um negócio. Seguindo essa lógica, a automatização é a chave para eficiência. Existem soluções que removem etapas burocráticas da operação financeira, como ir até o banco, fazer cadastro de pagamentos e processamento de boletos, transferências ou impostos. Adicionalmente, essa tecnologia pode ser totalmente integrada à plataforma de sistemas que a empresa usa atualmente. Com certeza é uma opção excelente para gestores que querem destaque e resultados objetivos.

Quais são os principais benefícios ao eliminar o arquivo remessa?

Além dos ganhos de controle e praticidade, listamos alguns dos principais benefícios que a empresa experimenta ao eliminar o arquivo remessa. Veja:

1. Aproveitamento melhor de pessoal

Como o controle dos arquivos remessa costuma ser burocrático, é necessário alocar funcionários para cuidar dessas questões em tempo integral. Com a automatização, a empresa pode aproveitar melhor a alocação do time, ganhando em produtividade e focando em sua atividade fim.

2. Redução de custos

O mesmo se aplica com os custos fixos. Como estamos tratando de uma tecnologia que realiza o trabalho de forma ágil, os custos de implementação desse sistema são rapidamente revertidos em ganhos para o negócio.

3. Maior segurança em relação ao compartilhamento de informações financeiras

Qualquer operação financeira tradicional está sujeita a erros humanos, desvio de documentação e até perda de dados. Ao eliminar o arquivo de remessa, as informações trabalham de forma integrada no sistema da empresa, reduzindo em nível mínimo a possibilidade de algo dar errado. E então, leitor? Entendeu como a tecnologia é essencial para a gestão do setor financeiro de uma empresa? Quer saber mais sobre como eliminar o arquivo remessa? Entre em contato com nossa equipe e conheça as soluções que preparamos para você!